Nacala-Porto, em Nampula, acolhe hoje, as cerimónias centrais alusivas ao Dia Mundial da Água, efeméride que será marcada por uma reflexão sobre a utilização do recurso vital pelas comunidades.

Em Moçambique, a data é comemorada sob o lema “Ocupar o Solo Preservando o Caminho da Água”, para chamar atenção sobre a necessidade de não se erguer infra-estruturas nos cursos de água.
Uma nota de imprensa do Ministério das Obras Publicas, Habitação e Recursos Hídricos, indica que as celebrações desta data terão réplica em todas capitais provinciais.
A escolha de Nacala para acolher as cerimónias centrais, justifica-se pelo facto de anualmente aquela cidade portuária debater-se com problemas de erosão, devido a ocupação desordenada dos solos.
Ainda sobre o Dia Mundial da Água, o Ministério da Ciência, Tecnologia, Ensino Superior e Técnico-Profissional, realiza hoje, no distrito da Manhiça, província de Maputo, uma palestra subordinada ao tema: Soluções naturais para a água.
Entretanto, a semelhança de outros pontos do país, Inhambane, aposta na expansão do fornecimento de água à população.
Ainda este ano, serão construídas 50 novas fontes deste liquido precioso.

(RM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here