O sector da Saúde estabeleceu, o prazo de 30 dias, para o grupo especializado, apresentar um plano de eliminação da transmissão vertical do HIV/Sida e da sífilis no país.

A decisão foi tomada na última reunião do Programa nacional de controlo das Infecções de Transmissão sexual, HIV e Sida, do Ministério da Saúde, que vinha decorrendo, desde última terça-feira.

O programa recomenda, ainda, a aceleração do sistema de vigilância às Infecções de Transmissão sexual, para monitorar situações de resistência aos antibióticos e o reforço das intervenções a nível da população prisional.

(RM)

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here