O Presidente Donald Trump despediu o secretário de Estado, Rex Tillerson, e vai substituí-lo no cargo pelo actual director da CIA, Mike Pompeo.

Para a CIA foi nomeada a até agora diretora adjunta, Gina Haspel, que será a primeira mulher a liderar a agência.

Tillerson esteve na semana passada em viagem por vários países de África, tendo passado por Quénia, Nigéria e Chade e terá sido informado da decisão de Trump na sexta-feira. Esteve no cargo 14 meses.

O passo acontece 24 horas depois de Tillerson ter feito uma declaração contrária à posição da Casa Branca acerca do envenenamento de um ex-espião russo no Reino Unido.

O Secretário de Estado, alinhado com o governo britânico, condenou um alegado envolvimento russo no envenenamento de Sergei Skripal. Mas Trump e Tillerson já antes tinham expressado posições diferentes, com o presidente a dizer a certa altura que Tillerson estava a perder tempo ao tentar a via diplomática com a Coreia do Norte.

A saída de Tillerson do cargo representa a maior troca no governo Trump até o momento. Os rumores de que deixaria o cargo começaram em outubro, quando uma reportagem da NBC News afirmou que esteve perto de renunciar após tensões com Trump – e teve mesmo de fazer uma conferência de imprensa a dizer que não pensava demitir-se.

A reportagem dizia ainda que Tillerson chegou a chamar o presidente de imbecil depois de uma reunião no Pentágono em julho. E que só não saiu por ter sido convencido pelo vice-presidente Mike Pence a ficar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here