Pelo menos 924 candidatos não compareceram aos exames de admissão à Universidade Pedagógica (UP) – delegação de Nampula, presumindo-se que grande parte deles tenha sido devido à chuva que caiu naquela província nortenha de Moçambique.

Assim, o índice de participação nos exames de admissão na delegação de Nampula deste estabelecimento do Ensino Superior foi de 9 por cento.

O director adjunto pedagógico da Universidade Pedagógica em Nampula, Abudo Ossofo, segundo o “Notícias” de hoje, disse, em conferência de imprensa, acreditar que o elevado número de ausências no presente ano não tenha qualquer relação com as faltas verificadas em anos anteriores.

Em relação a casos de fraude, a fonte fez saber que foram registadas somente três tentativas de fraude por porte de celulares, situações detectadas e anuladas.

“Pelas condições que havíamos criado, felizmente conseguimos detectar este número reduzido de casos de fraude nos exames de admissão”, explicou Ossofo.

No presente ano académico, 6147 aspirantes disputaram as mais de 1900 vagas disponibilizadas para os cerca de 32 cursos de licenciatura, ministrados neste estabelecimento do Ensino Superior a nível da província de Nampula.

Tal como aconteceu nos anos passados, os cursos de Ciências Naturais e Matemática foram os mais procurados no presente ano.

Aliás, outros cursos ligados ao ensino básico foram também os mais procurados pelos candidatos, na sua maioria professores do Ensino Primário, uma vez que o regime é do ensino à distância.

“Os professores em exercício não podem sair do seu local de trabalho para frequentar cursos presenciais, porque a sua actividade estará comprometida”, explicou Ossofo.

(AIM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here