Cerca de 50 régulos e outros líderes comunitários do posto administrativo de Mazua, distrito de Memba, província de Nampula, estão apreensivos devido aos ataques de que tem sido alvo nos últimos dias.
Com efeito, eles se queixaram hoje ao governador desta província do Norte de Moçambique, Victor Borges, durante o lançamento da semana nacional de saúde, a nivel de Nampula.
A AIM entrevistou alguns líderes que asseguraram que têm sido perseguidos e agredidos de forma selvagem por indivíduos que os acusam de espalhar a cólera nas comunidades.
“Temos medo. Dormimos no mato. Alguns de nós ficamos sem casas e bens. Quem nos ataca são aqueles que consideramos nossos filhos”, afirmaram.
A AIM soube que alguns dos agressores foram identificados pelos próprios líderes que já apresentaram a respectiva queixa no posto policial de Mazua.
Em resposta, o governador Victor Borges disse que as autoridades estão atentas a este tipo de casos e, na ocasião, pediu colaboração dos líderes e das comunidades na denúncia dos mentores da desinformação para que o problema seja eliminado.
A onda de desinformação sobre as reais causas da cólera que assola o distrito de Memba provocou a mobilidade de parte da população alastrando a doença para várias outras comunidades.
‘Neste momento temos um cumulativo de 12 doentes internados neste distrito de Memba onde registamos, desde 14 de Agosto, 386 casos, sendo o único ponto da província onde declaramos o surto’, disse o médico-chefe provincial, Sulaimana Isidoro.
O clinico informou que o sector continua a realizar campanhas nas comunidades para evitar a propagação da doença.
Factores tais como fraco saneamento, acesso deficitário `a agua potável, falta de higiene, são alguns dos factores que contribuem para a eclosão e propagação da cólera.
Entretanto, pouco mais de dois milhões de pessoas, a nível da província de Nampula, receberão, ao longo desta semana, assistência médica diversificada, benefícios integrados na campanha de vacinação ora lançada.
Isidoro disse que será feito o despiste do cancro do colo uterino e tuberculose, administração da vitamina A, entre outra assistência.
Para a campanha foram destacados um total de 1.491 profissionais da saúde integrados em 746 equipas.
O lançamento da semana nacional de saúde, a nivel da provincia de Nampula, ocorreu em Mazua, distrito de Memba, cerca de 300 quilómetros a norte da capital provincial com mesmo nome.

(AIM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here