Vinte e três estudantes moçambicanos vão se formar, nos próximos três anos, no nível de Mestrado em várias áreas, no Japão, no âmbito do programa de bolsas de estudo, numa iniciativa do Primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

Trata-se de trabalhadores de empresas públicas e privadas, de instituições de ensino superior e do sector da saúde que vão partir, em breve, para aquele país asiático.
O Director-geral Adjunto do Instituto de Bolsas de Estudo, Miguel Inácio, disse que a formação de novos quadros no Japão vai reforçar o país, em termos de capacidade institucional e trazer novas estratégias de desenvolvimento.

(RM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here