A província de Maputo passará a contar com um parque agro-industrial, cujas obras de construção e montagem arrancam no primeiro semestre do próximo ano.

A infra-estrutura será implantada numa área de cerca de novecentos hectares na zona de Mauvane, distrito de Moamba, num investimento de cinquenta e dois milhões de dólares, numa primeira fase.

A primeira fase compreende a construção de três aviários com capacidade total de novecentos e sessenta mil frangos, uma fábrica de ração, dois matadouros, sistema de conservação de produtos agrícolas, abastecimento de água e corrente eléctrica e abertura de arruamentos.

Tomás Almeida, um dos proponentes do projecto, disse que o parque agro-industrial da Moamba vai contar com diferentes unidades de produção para a empresa promotora da iniciativa e não só.

O Parque Agro-Industrial da Moamba vai focar-se sobretudo em três produtos, nomeadamente o frango de corte, leite e seus derivados, e ovos, numa acção que visa a redução de importações.

Ainda em Maputo, é lançada esta segunda-feira a primeira pedra para a construção de uma unidade de produção de cerveja, no distrito de Marracuene.

Trata-se de um projecto da empresa holandesa do Grupo Heineken, com um investimento de cem milhões de dólares.

A fábrica prevê gerar pelo menos duzentos postos de trabalho permanentes e treze mil indirectos.

(RM-Maputo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here