O Primeiro-Ministro, Carlos Agostinho do Rosário exige maior dinamismo na gestão do Fundo Nacional de Desenvolvimento Sustentável, FNDS.

A exigência foi feita esta segunda-feira, na capital do país, na cerimónia de empoçamento de Momade Nemane, para o cargo de Presidente do Conselho de Administração.

Do Rosário diz que o empossado tem a missão de racionalizar a despesa pública através da disponibilização de recursos nos projectos de maior impacto socioeconómico e implementar com rigor as normas e procedimentos de gestão de contas públicas.

Cabe ainda ao novo dirigente, garantir a transparência no processo de contratação de bens e serviços e em outros actos administrativos.

Momade Nemane, assumiu a responsabilidade de reduzir desigualdades e melhorar a vida das comunidades.

O trabalho em equipa é um dos métodos a ser adoptado, tal como refere o empossado.

Momade Nemane, substitui Augusta de Fátima Maita.

A instituição foi criada no ano passado, com objectivo de fomentar e financiar programas e projectos que garantam o desenvolvimento sustentável, harmonioso e inclusivo.

(RM)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here