O Ministério da Saúde de Moçambique e doadores internacionais lançaram hoje em Maputo um programa sobre a prevenção da malária em grávidas, para os próximos cincos anos, orçado em 10 milhões de dólares (8,3 milhões de euros).

Falando no lançamento da iniciativa, denominada “Tip Top”, a ministra da Saúde de Moçambique, Nazira Abdula, afirmou que o programa permitirá que pelo menos 100 mil mulheres moçambicanas escapem à malária no país, na fase-piloto de implementação do mesmo.

“Este projeto deve também ser utilizado como uma oportunidade para verificar o aumento na utilização dos serviços de consulta pré-natal nas nossas unidades sanitárias, a melhor gestão dos medicamentos e a melhoria de qualidade de dados”, declarou Nazira Abdula.

Milhares de pessoas morrem anualmente devido à malária em Moçambique, sendo esta doença uma das principais causas de morte no país.

(LUSA)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here