Milhares de pessoas vão reunir-se hoje em Nova Iorque, Washington e uma zona rural da Pensilvânia para marcar o 16.º aniversário dos atentados de 11 de Setembro de 2001, que vitimaram cerca de três mil pessoas. Naquele dia, militantes islâmicos da Al Qaeda sequestraram quatro aviões que tinham acabado de decolar e atiraram dois deles contra as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova Iorque. Um terceiro avião foi lançado contra o Pentágono, nos arredores de Washington, e o quarto caiu na Pensilvânia após uma luta entre os passageiros e os sequestradores, o que evitou que a aeronave fosse também lançada contra algum alvo – provavelmente o Congresso. Em anos anteriores, presidentes, governadores e prefeitos de Nova Iorque, entre outros políticos, participaram da leitura dos nomes das vítimas ou de leituras de passagens bíblicas e literárias no local onde ficava o WTC, que foi rebaptizado de Marco Zero.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here